Papa Francisco: a fecundidade do louvor

Publicamos uma notícia da Rádio Vaticano baseada na homilia do Papa Francisco ontem durante a missa na Casa Santa Marta, em que ele fala sobre o louvor referindo-se à RCC:

A oração de louvor faz-nos fecundos – esta a principal conclusão da homilia na Missa desta terça-feira na Capela da Casa de Santa Marta. O Papa Francisco partindo da leitura do Segundo Livro de Samuel, desenvolveu a sua meditação da ideia que o texto propõe: ‘David dançava com todas as suas forças diante do Senhor’. Segundo o Santo Padre, esta oração de louvor é menos frequente na vida de cada um de nós:

“Mas Padre, isto é para aqueles do Renovamento no Espírito, não para todos os cristãos!’ Não, a oração de louvor é uma oração cristã para todos nós! Na Missa, todos os dias, quando cantamos o Santo... Esta é uma oração de louvor: louvamos o Senhor pela sua grandeza, porque é grande! E dizemos coisas belas, porque nós gostamos que seja assim. Mas, Padre eu não sou capaz... Mas és capaz de gritar quando a tua equipa marca um golo e não és capaz de cantar louvores ao Senhor? De sair um pouco da tua contenção para cantar isto? Louvar Deus é totalmente gratuito! Não pedimos, não agradecemos: louvamos!”

“Uma bela pergunta que nós podemos fazer hoje é : Mas como vai a nossa oração de louvor? Eu sei louvar o Senhor? Sei louvar o Senhor ou quando rezo o Glória e o Sanctus faço-o apenas com a boca e não com todo o coração? O que me diz David, dançando assim? Quando David entra na cidade começa uma outra coisa: uma festa!”

A alegria do louvor – continuou o Santo Padre – leva-nos à alegria da festa. A festa da família. O Papa Francisco recordou, assim, que quando David regressa ao palácio, a filha do rei Saúl, Mikal, chamou-o à atenção perguntando-lhe se não tinha vergonha por ter dançado daquele modo diante de todos. Mikal desprezou David:

“Eu pergunto-me quantas vezes nós desprezamos no nosso coração pessoas boas, gente boa que louva o Senhor como lhe vem, assim espontaneamente, porque não são cultos, não seguem as atitudes formais? É o desprezo. E diz a Bíblia que Mikal ficou estéril por toda a vida por isto! O que quer dizer a Palavra de Deus aqui? Que a alegria, que a oração de louvor faz-nos fecundos! Aquele homem ou aquela mulher que louva o Senhor, que reza louvando o Senhor, que quando reza o Glória alegra-se por isso, quando canta o Sanctus na Missa alegra-se por cantá-lo, é um homem ou uma mulher fecundo.”

Tomada de Rádio Vaticano: http://www.news.va/pt/news/gritas-um-golo-da-tua-equipa-e-nao-es-capaz-de-can.



Twitter Facebook Email Print
© 2015 ICCRS. All Rights Reserved.